agroecoloja são paulo

SUA SACOLA


Preço
QTD

TOTAL

R$ 0,00 Atualizar carrinho

Preço sem frete, que será aplicado ao fechar o pedido. Compra mínima de produtos: R$ 55,00

ENTREGA

Antes de concluir sua compra, confira se você está em nossa área de entrega.

Produtores

Trabalhamos com o escoamento de produtos agroecológicos pois é extremamente importante para fortalecer a agricultura familiar de pequena escala. Você sabia que existem diversos produtores rurais orgânicos que não possuem estrutura econômica para pagar uma certificação de orgânico? Outros não possuem esquema logístico para trazer suas mercadorias para os centros de distribuição? Esses e outros fatores dificultam a inclusão de agricultores familiares no circuito de mercado. Por isso, fortalecemos o pequeno produtor agroecológico, fortaleça você também!

Conheça nossos produtores parceiros!

Quilombo Terra Seca e Cedro, Barra do Turvo - SP

Localizadas na maior região de remanescentes de Mata Atlântica do Brasil, o Vale do Ribeira, essas agricultoras produzem uma infinidades de alimentos no meio da floresta. No total somam-se 14 mulheres quilombolas, 5 do quilombo do Cedro e 9 do Terra Seca (As Perobas), que juntas comercializam para São Paulo. Os grupos formaram-se nos últimos 2 anos durante o projeto de Assistência Técnica desenvolvido pela SOF (Sempre Viva Organização Feminista) em parceria com a Quitandoca. Seus produtos chegam aqui quinzenalmente, através de um apoio da prefeitura da Barra do Turvo no transporte. São territórios protegidos, em que cada uma tem seu cultivo de roça e agrofloresta individual, mas que através dos mutirões, compartilham o trabalho. São produtos orgânicos, agroecológicos, que estão no  processo de obtenção da certificação. Dentre os produtos produzidos encontra-se banana prata, banana maçã, banana nanina, banana preta, banana terra entre outras; cítricos, frutas da mata atlântica como cambuci, cajá-manga, pitanga, acerola e carambola; raízes, verduras e legumes.

Associação do Córrego dos Pereiras, Socorro - SP

Socorro está localizado na divisa de São Paulo com Minas Gerais. De experiências anteriores, já conhecíamos agricultores da região antes de abrir a loja, produtores orgânicos organizados na Associação do Córrego dos Pereiras. Nesta época, o escoamento da produção acontecia apenas na feirinha da cidade aos sábado, porém sempre com a expectativa de expandir. Quando voltamos a entrar em contato, os agricultores demonstraram bastante interesse em aumentar sua produção e começar a comercializar também em São Paulo. Formou-se então, um novo grupo de comercialização que uniu a Associação Córregos dos Pereiras à agricultores vizinhos. Este grupo compartilha o frete, diluindo os custos e barateando o preço final.  Nós também dividimos o frete, pagamos metade e a outra metade é dividida entre eles.

APANFÉ
Associação de Produtores de Agricultura Natural de Maria da Fé, Maria da Fé - MG

A APANFÉ foi fundada em 1999 por agricultores preocupados com sua própria saúde e qualidade de vida. Com a missão de “produzir alimentos saudáveis através da agricultura biodinâmica e orgânica, garantindo a sustentabilidade dos produtores”, foram desenvolvendo conhecimento e técnicas que os permitiu um reconhecimento bacana hoje em dia. A partir de 2012, começam a participar da Comunidade Agrícola – CSA (Community Supported Agriculture), para uma nova forma de agricultura ecológica em Minas Gerais. Aproximadamente 400 pessoas, ou 150 famílias, podem se alimentar das verduras, legumes, pães, leite e queijos que produzem. Atualmente a Apan-fé está sediada no Ceasa de Maria da Fé, espaço cedido pela Prefeitura Municipal, com um escritório e uma casa para embalagem de produtos.  A  Apan-fé faz parte da Central de Associações Orgânicos Sul de Minas (OSM) que vem implantando o Sistema Participativo de Garantia -  SPG,  melhorando assim o processo de  certificação orgânica, contribuindo com a  troca de experiências e  fortalecendo a Agroecologia no sul de Minas Gerais.

Orgânicos da Mantiqueira, Gonçalves - MG

A Orgânicos da Mantiqueira está espalhada pela Serra da Mantiqueira, com sede no Município de Gonçalves, MG. Consiste em uma empresa de produtores, gerida de forma cooperativa, dedicada à produção e distribuição de produtos orgânicos. Desde 2003 apoia e auxilia os produtores familiares orgânicos a escoar sua produção,  buscando para isso o caminho mais direto entre o produtor e o consumidor. Dentro de seus mercados consumidores, privilegiam feiras semanais, entrega de cestas em domicílio e parcerias com restaurantes e quitandas. A produção regional é composta por frutas, legumes, hortaliças, além de alguns produtos processados, todos certificados pela empresa Ecocert.

Josiel e Sebastião, Ibiúna - SP

Localizados no Bairro do Verava, município de Ibiúna, estas duas famílias de agricultores são um exemplo para a região. Ibiúna compõem o Cinturão Verde da cidade de São Paulo com mais 39 municípios. Ele é responsável pelo abastecimento do mercado de hortaliças e legumes da metrópole, porém são raras as produções orgânicas. Josiel e Sebastião, acompanhados de suas famílias, realizam a produção e a comercialização de hortaliças e legumes orgânicos em harmonia com a natureza. São eles os grandes responsáveis pelas folhas fresquinhas que comercializamos na Quitandoca. Josiel fez a transição para produção orgânica há 14 anos e conta o quanto bem fez para a sua saúde e de sua família. Dentre os compostos biofertilizantes que utiliza estão o pó de osso e a casca da mamona. Ambos agricultores têm certificação orgânica o que lhes permite comercializar também em outros espaços como nas feiras orgânicas de São Paulo. Fortalecer estas famílias constrói na região incentivos para mais agricultores investirem na produção sem veneno.

Rede Ecovida - Região Sul do Brasil

A Rede Ecovida reúne em torno de 4000 agricultores na região sul do país, todos com produção agroecológica. A rede tem como um de seus principais objetivos a certificação dos produtos processados e produzidos dentro de uma unidade familiar credenciada. São realizadas Certificações Participativas, uma modalidade de certificação solidária que conta com o envolvimento de agricultores e consumidores, que conjuntamente elaboram e conferem a aplicação das normas referentes à produção ecológica. A rede também busca estabelecer relações que priorizem a venda direta e/ou que reduzam ao máximo as intermediações da comercialização, aproximando produtor e consumidor e democratizando o acesso a alimentação saudável. Fazem parte da Rede agricultores familiares e cooperativas, ongs, consumidores organizados, pequenas agroindústrias, pequenos comerciantes e pessoas comprometidas com a agroecologia.

Sitio Terra Fria, Gonçalves - MG

O Sítio Terra Fria encontra-se no alto das montanhas da Mantiqueira, em Gonçalves/MG, a 1600m de altitude. O sítio é um projeto de Tomaz, recém produtor, organizado em algumas frentes de produção integrada de forma que se complementam e cresçam juntas, uma alimentando a outra. Através dos princípios e práticas da agricultura biodinâmica e da agrofloresta cultivam para comercialização hortaliças, legumes, temperos, chás, shitake e mel. Além da Quitandoca, comercializam com Grupos de Consumo Responsável em São Paulo e participam da feirinha local de Gonçalves. O Sítio faz parte da Associação Serra Santana, de agricultura orgânica e biodinâmica, certificada pela ABD - Associação Biodinâmica - no formato de certificação participativa.

AAOF - Associação Agroecológica de Ouro Fino, Ouro Fino - MG

A agricultura familiar predomina no município de Ouro Fino, situado nas beira da Serra da Mantiqueira, ao sul do estado de Minas Gerais. Embora a cultura do café apareça como o carro chefe na região, cultivos de frutas e hortaliças também compõem a paisagem das pequenas propriedades. A AAOF é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 1999 composta atualmente por 16 produtores certificados no sistema orgânico. O grupo realiza reuniões mensais, ou extraordinárias que consiste no principal e mais democrático espaço de decisões.  A AAOF faz parte da Central de Associações de Produtores Orgânicos do Sul de Minas (OSM), que vem implantando o Sistema Participativo de Garantia - SPG no sul de Mina Gerais. As unidades de produção são certificadas pelo Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade (OPAC) Sul de Minas e também pelo OPAC da Associação de Agricultura Natural de Campinas e Região. Além de São Paulo e Ouro Fino, participam da Feira Orgânica de Campinas.